segunda-feira, 4 de setembro de 2006

EOS

A avaliar pelas fotografias que me enviaram, o novo modelo da Volkswagen já foi adoptado pela Brigada de Trânsito da GNR.
Anda um gajo à nora, e a deitar contas à vida, para ver se consegue trocar de carripana e dá de caras com os bófias a curtir de cabeleiras ao vento, numa modesta viatura que, na versão mais básica, custa cerca de 33.500 euros.


Abençoados impostos!

Nota – Penso que é aconselhável o uso de capacetes, não vá algum indignado atirar-lhes com alguma merda mais pesada à cabeça.

2 comentários:

Torpedo disse...

A DOR DE COTOVELO É LIXADA....
QUE SABES TU DE IMPOSTOS????
PARA TUA INFORMAÇÃO ESTE CARRO FOI OFERECIDO Á BT COMO FORMA DE MARTKING DA VW.... AFINAL NÃO CUSTOU NADA.... NÃO FALES SEM SABER....
ÉS O TIPICO DO PORTUGUESITO...SÓ GOSTA DE FALAR MAL DOS POLICIAS, PORQUE É UM TRANSGRESSOR NATO...

Johnnyzito disse...

Caro Torpedo,
Em primeiro lugar, se, realmente, foi oferta da VW, acho que a marca tem melhores formas de marketing do que oferecer EOSs à BT. Se calhar, uns Golfs Gti serviam o mesmo propósito e seriam mais eficazes para a dita força policial.
Em segundo lugar, falo mal da BT, sim senhor, porque considero que procedem mal ao andar à caça à multa. O factor velocidade não é a única causa, nem sequer a mais importante, para a elevada sinistralidade que existe em Portugal. Basta ir para as AEs e verificar a quantidade de manobras perigosas e estúpidas que o típico condutor português faz, nomeadamente, persistir em seguir na faixa de ultrapassagem a velocidades reduzidas. Esse tipo de situações também deviam ser objecto de caça por parte da BT.
Quanto a ser transgressor, na realidade até sou demasiadamente cumpridor e, talvez por isso, fico tão indignado por ver a quantidade de infracções que ficam por punir.
Quanto aos impostos, continuo a achar que é dinheiro muitas vezes mal empregue.