segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Caos? Qual caos?

A Ministra da Saúde deve ter sido afectada por outro qualquer vírus, que não o tal que anda por aí a provocar um surto de gripalhada, que lhe perturbou a moleirinha.

Só isso poderá explicar que a senhora não considere, em várias unidades hospitalares cá do burgo, que mais de 6 horas de espera para uma porra duma urgência não seja considerada uma situação caótica.

Isto para não falar das situações em que o tempo de espera ultrapassou as 13 ou 14 horas.

Independentemente do porquê que leva tantos cidadãos, muitas vezes sem razão que o justifique, a dirigirem-se aos hospitais, estamos a falar de urgência hospitalar e da saúde da populaça, senhora ministra.

1 comentário:

Sergio Azevedo disse...

Caro João, ainda não me esqueci do texto. Um forte abraço e bom ano